Ser Comunidade de Aliança

FAC

 

Fico impressionada em saber como o Espírito Santo age com poder na Igreja, suscitando de acordo com as necessidades dos tempos maneiras estratégicas de evangelização e espiritualidade. E não seria diferente na Idade Contemporânea, em que vivenciamos um distanciamento relevante da humanidade de seus valores de fé. Mesmo com essa desvalorização do Sagrado pelos homens, Deus não os despreza, mas pelo contrário, Ele faz surgir meios para que o anúncio da Boa Nova aconteça e seu Amor continue a ser disseminado.
Precisamente o Senhor utiliza também dos leigos e leigas que estão inseridos na sociedade para levar esse anúncio. E uma forma de anunciar o Amor é através da comunidade de aliança, ramo das Novas Comunidades, que consiste de homens e mulheres que testemunham uma consagração a um carisma inseridos no meio secular. E quantas pessoas podem ter suas vidas
transformadas através de um testemunho de vida!
Ser comunidade de aliança é viver na intimidade com Deus em consonância com as lidas do dia a dia. É refletir o Amor de Deus em todas as ações: no cuidado com o cônjuge, na educação dos filhos, no zelo da casa, no meio familiar, no trabalho secular, na escola e na faculdade, na roda de amigos, no lazer e na diversão. Ser aliança é após um dia ou uma semana cansativa, servir ao Senhor com alegria na certeza de que somente Ele nos completa inteiramente.
Ser comunidade de aliança é muitas vezes renunciar um lazer, uma saidinha com os amigos, as reuniões familiares, o descanso, para seguir em missão, não por obrigação, mas porque o
chamado de Deus fala mais alto ao coração. Mas também é saber dosar o chamado, assumindo a consagração sem deixar de lado o cuidado com a família e com o bem estar que são dádivas reservadas a nós por Deus.
O mundo necessita de crianças, jovens, adultos e idosos que testemunhem suas vidas de consagração a Jesus. Parece loucura para o mundo viver assim, mas como diz nosso inspirador
do carisma São Paulo “a loucura de Deus é mais sábia do que os homens” I Cor 1,25. Estou me encaminhando para o 5° ano de vida consagrada ao carisma ser no mundo reflexo do Amor de eternidade e posso afirmar que não consigo mais ver minha vida sem essa correria. Não a trocaria por uma vida de descanso. Pois sei que essa “correria santa" me levará ao céu e lá terei toda a eternidade para descansar nos braços do Pai.
Não há nada mais bonito do que viver inteiramente para Deus através de uma consagração, sabendo que somos usados por Ele como instrumento para levar o Seu Amor as pessoas que
andam distante Dele. Estamos inseridos no mundo, no meio secular, mas nosso lugar é o Céu!
Você também, caro leitor, é chamado a viver essa experiência de entrega. Procure a comunidade mais próxima e seja mais um a consagrar a sua vida a Deus em favor do crescimento do Reino.

Por Claudiana Nunes